Doenças renais: o que é, tipos, causas e como se prevenir

Whatsapp Compartilhar

As doenças renais são condições potencialmente graves, provocadas pela redução da eficiência das funções metabólicas dos rins, órgão vital para o organismo. Trata-se de problemas comuns que podem acontecer de forma crônica ou aguda, causando complicações severas.

De acordo com estudos da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), aproximadamente 10 milhões de brasileiros têm alguma disfunção renal. Ou seja, é um número elevado de casos, que demonstra a necessidade de ter atenção e adotar medidas preventivas.

Mas afinal, o que são as doenças renais? Neste artigo, você vai saber o que significa e qual a diferença entre doença renal crônica e aguda

Continue a leitura e veja informações relevantes sobre o assunto para saber exatamente como se prevenir e ter uma vida saudável.

doenças renais
Existem vários tipos de doenças renais que podem ser crônicas ou agudas. Foto: Getty Images

O que é considerado doença renal e quantas existem?

Os rins são órgãos importantes para o bom funcionamento do organismo e desempenham funções vitais, como:

  •  Eliminar toxinas;
  •  Filtrar a quantidade de água e sal;
  •  Equilibrar a pressão arterial e a produção de hormônios que evitam a falta de cálcio nos ossos e a anemia.

Nesse sentido, são consideradas doenças renais todas as disfunções e patologias que afetam o funcionamento normal dos rins e, inicialmente, podem não causar sintomas. Por isso, são problemas silenciosos e que exigem cuidados redobrados com a prevenção e tratamento.

Existem diversas doenças que afetam os rins. Abaixo, veja as cinco principais.

Nefrite

A nefrite é uma doença que causa a inflamação dos glomérulos, elementos filtrantes dos rins e responsáveis por eliminar toxinas, água e sais. 

A doença provoca dificuldades para os rins filtrarem o sangue e pode acontecer em dois tipos:

  • Nefrite aguda: causada por infecção bacteriana e são casos mais simples;
  • Nefrite crônica: quadro de infecção intensa e grave.

Cálculo renal

Também conhecido popularmente como pedra dos rins, o cálculo renal é uma doença que causa a formação de pequenas pedras nos rins e canais urinários. 

A falta da ingestão de água é um dos principais fatores que levam à formação do cálculo.

Insuficiência renal

A insuficiência renal é uma doença caracterizada como a perda da capacidade dos rins de exercer suas funções, principalmente a filtração. 

A intensificação da insuficiência renal pode causar a retenção de ureia no organismo, hipertensão, anemia e outros problemas.

Dores abdominais e nas costas são alguns dos sintomas de doenças renais. Foto: Getty Images

Infecção renal

A pielonefrite, ou infecção renal, é causada por uma bactéria que afeta inicialmente a bexiga e depois sobre para os rins, causando dores intensas, febre e outros sintomas. 

Em muitos casos, é um problema que exige atendimento médico imediato.

Tumores renais

Assim como em outros órgãos e tecidos do corpo, os tumores nos rins podem surgir benignos ou malignos. 

O câncer de rins provoca multiplicação descontrolada das células, causando a perda funcional, por isso, é uma doença grave.

Qual a diferença entre doença renal crônica e aguda?

As doenças renais, assim como outras, são classificadas em agudas ou crônicas, de acordo com o quadro e manifestação de sintomas do paciente. 

O diagnóstico do tipo de doença é imprescindível para direcionar os métodos de tratamentos mais eficientes.

Veja, a seguir, qual a diferença entre doença renal aguda e crônica.

Doença renal crônica

A principal característica das doenças crônicas é o longo tempo que permanecem e a progressão lenta, com sintomas mais intensos. 

Quando se trata das doenças renais, os casos crônicos são comuns e, segundo Sociedade Brasileira de Nefrologia, as doenças renais crônicas atingem 7,2% da população mundial.

Alguns exemplos de doenças renais crônicas são:

  • Nefrite;
  • Tumores;
  • Insuficiência;
  • Cálculo renal.

Pedra nos rins é um dos tipos de doenças renais crônicas. Foto: Getty Images

Doença renal aguda

As doenças renais agudas são aquelas que têm um início intenso e evoluem rapidamente, no entanto, tem curta duração, ao contrário dos casos crônicos. 

Sendo assim, os quadros de doença renal aguda são menos complexos e em muitas situações tem o diagnóstico difícil, principalmente se afetar apenas um dos rins.

Quais as principais causas de doenças renais? 

As causas das doenças renais são diversas e podem estar relacionadas com:

  • Fatores comportamentais;
  • Fatores de risco;
  • Histórico familiar;
  • Ou causada por outras doenças.

Nesse sentido, entender as causas reais é um passo fundamental para o diagnóstico preciso e eficiência dos tratamentos.

Para você entender melhor, é possível dividir as causas das doenças renais crônicas em duas categorias, que são:

Fatores de risco

  • Diabetes tipo 1 ou 2;
  • Hipertensão arterial;
  • Obesidade;
  • Consumo de agentes nefrotóxicos.  

Fatores relacionados ao estilo de vida

  • Tabagismo;
  • Consumo excessivo de álcool;
  • Falta de ingestão de água;
  • Uso de determinados medicamentos.
Muitas vezes, principalmente no início, os sintomas são silenciosos. Foto: Getty Images

Quais os sintomas quando o rim não está bem?

As doenças renais, principalmente as crônicas, tem um início silencioso e com o tempo causam transtornos graves para a qualidade de vida do paciente. Ou seja, os sinais iniciais podem se manifestar de forma sutil e confundir ou passar despercebidos.

Nesse sentido, quando o rim não está funcionando normalmente, o indivíduo pode apresentar os seguintes sintomas:

  • Redução na produção de urina;
  • Urina com presença de sangue;
  • Sensação de cansaço;
  • Anemia;
  • Inchaço no corpo;
  • Perda de apetite;
  • Náusea e vômitos;
  • Pressão alta;
  • Dor abdominal e nas costas.

Por ter sinais amenos nas fases iniciais, é indispensável investir em hábitos saudáveis para a prevenção, manter consultas e exames periódicos para facilitar o diagnóstico. Assim, é possível evitar que os sintomas se agravem e evoluam para quadros crônicos.

Como diagnosticar doenças renais?

Quando uma pessoa começa a sentir algum sintoma e procura uma consulta, o médico realiza a avaliação clínica e solicitam exames – que de acordo com o caso, os exames de sangue, urina, e em casos mais intensos, exames de imagem e biópsia.

No entanto, os exames de sangue e de urina são os mais utilizados para diagnosticar doenças renais, pois são capazes de apresentar anomalias nas funções renais. Por isso, é importante procurar um laboratório confiável e reconhecido para realizar o procedimento.

Exames de sangue e de urina servem para diagnosticar problemas renais. Foto: Getty Images

Como tratar doenças renais?

Como em qualquer doença, o diagnóstico precoce é substancial para o sucesso do tratamento, portanto, procurar um médico nos primeiros sinais é a melhor maneira para evitar que a doença se agrave.

Para direcionar o tratamento, após o diagnóstico a doença é classificada em cinco estágios de acordo com os resultados e parâmetros obtidos nos exames. 

Nos estágios iniciais da doença, o tratamento é conservador, com o uso de medicamentos, mudanças no estilo de vida e controle dos fatores de risco.

Para os casos crônicos mais avançados, além do uso de medicamentos é indicado o procedimento de diálise, hemodiálise ou transplante renal. São tratamentos mais invasivos e sérios, realizados periodicamente durante a vida do paciente.

Como exames de rotina ajudam na prevenção de doenças crônicas?

As doenças renais são graves e se não houver a devida atenção, tem potencial para causar grandes complicações. Nesse sentido, a prevenção é a melhor alternativa para permanecer saudável e evitar qualquer risco.

Para tanto, realizar exames de rotina é imprescindível, pois permitem uma avaliação precisa da sua saúde e favorecem diagnósticos precoces. Ou seja, é uma forma para monitorar a saúde de maneira abrangente e garantir que nenhum problema evolua para casos graves e de difícil tratamento.

Sendo assim, realizar exames de urina e de sangue frequentemente é essencial para avaliar se os seus rins estão funcionando adequadamente. Com isso, você pode ter orientações confiáveis do médico para preservar a sua saúde e manter hábitos saudáveis.

Contudo, escolher um laboratório confiável para realizar seus exames é muito importante para ter resultados seguros e precisos. Nesse sentido, o Laboratório Padrão é a melhor alternativa para seus exames de rotina, oferecendo alta qualidade, conforto e comodidade.

Além de contar com uma equipe especialista, o Laboratório Padrão é tradicional e possui equipamentos modernos para proporcionar resultados confiáveis. São diversas unidades para você realizar seus exames com toda tranquilidade e cuidar da sua saúde da melhor forma possível.

As doenças renais são, de fato, sérias e exigem cuidados especiais, pois trata-se de um dos órgãos mais importantes para o organismo. Portanto, se deseja ter uma vida saudável, livre de problemas nos rins e qualquer risco para o seu bem-estar, mudar de hábitos e manter uma rotina de exames preventivos é imprescindível.

Conte com o Laboratório Padrão para fazer seus exames, com segurança e comodidade em nossas unidades. Chame agora mesmo pelo nosso WhatsApp: (62) 3221-9000 ou na nossa loja virtual

Até breve!

Acesse aqui